small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

7818672ACTIVIDADE CANCELADA

Caras(os) amigos, devido ao mau tempo que se vai fazer sentir durante todo o fim de semana, decidimos cancelar o evento.
Dentro de dias divulgaremos uma nova data.
Obrigada a todos, bom fim de semana.
Bjs e Abraços

 

 

Baiña – Chan da Lagoa -GALIZA

Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Local e hora de encontro: 08h00m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes

Localização: Baiona, Galiza ESPANHA

Tipo: Pequena Rota, circular

Âmbito: Ambiental e Paisagistico

Ponto de Partida e Chegada: Igrexa de Santa Mariña de Baíña, Baiona, Galiza

Distância a percorrer: cerca de 12 km

Nível de dificuldade: Moderado

Máximo participantes – 20

PR 10 Casa do Penedo12 de Novembro de 2017 – Trilho do Vento PR 10 Fafe

Local e hora de encontro: 08h00m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.


Como habitualmente, contamos com a vossa pontualidade.

Iremos, por motivos de logística agilizar o nº de participantes pelas viaturas disponíveis.

Caminhada Carrazeda/Verin 7e8 de Outubro 2017

Nº de participantes: 10 + 2 canídeos  (Reia e Vindouro)

Partida de Valongo (LIDL) cerca das 10,40h em 2 viaturas:

Viatura 1 - Arnaldo, Orquídea Lima, José Cruz e Lino Santos
Viatura 2 - Paulo Cardoso, Mara Lima e filho e Margarida Ferreira.

Chegada a Ribeira de Fraga pelas 13,30h (confirma a hora Cinda), com um belo dia de sol, onde a malta se juntou aos companheiros José Paulo Correia e Cinda Rodrigues. Após a montagem das tendas-abrigo para essa noite, passou-se à degustação dum breve almoço, com um final de aletria, e passou-se à 1ª caminhada do dia, um circuito circular de cerca de 5 Kms., onde pudemos observar o belo vale em cima de belas fragas, bem como portentosas fragas com registos pré-históricos. Já quase no fim deste circuito, pudemos entrar numa caverna, cavada numa fraga altaneira, onde toda a malta pôde fazer umas belas fotos em grupo.

Chegados ao acampamento, começou a preparação do fogo para o jantar partilhado, bem como da iluminação para a passagem no exterior da noite escura.

Acabado o repasto, passou-se à 2ª caminhada do dia - neste caso, da noite - passando por Cubo e de volta ao acampamento, num percurso de cerca de 10Km, com subidas e descidas suaves, com uma bela lua por companhia e que iluminava bastante o caminho. Pudemos apreciar as diferenças de temperatura entre as áreas mais altas e os vales, junto ao rio que variavam de uma temperatura amena no alto, até uma arrepiante brisa, conforme se descia para o rio. De novo no acampamento, saboreamos uma pequena magustada, mais um pouco de sobremesa (doce da Mara e aletria da Cinda). 

Tendo os mais madrugadores (Lino e Orquídea) saído da "toca" por volta das 7,00h da gélida manhã, começou-se a preparar o fogo para um pequeno-almoço frugal, após o que rumamos para Carrazedo de Montenegro, para um reforço alimentar mais substancial e, sobretudo, quente. Após as "demarches" matinais e findo o cafezinho, rumamos a Verín - Espanha, já com um belo solzinho que prometia um bom dia de caminhada. Chegados a essa linda cidade galega, dirigimo-nos ao Castelo de Monterrei, onde fizemos uma visita pormenorizada, desde o seu mosteiro até ás 2 torres, o que nos levou toda a parte da manhã e, quando nos encaminhávamos para um local aprazível com vistas ao almoço e já sob um sol abrasador, eis que um grupo de boas senhoras e cavalheiros nos oferecem água, empanadillas e tortilla de batata.

Depois deste repasto surpresa encaminhamo-nos para os carros, passando por um belo trilho à margem do Tâmega, que por lá se escreve Támega, não sem antes nos irmos sentar à beira-rio, na esplanada dum pequeno café, onde degustamos o dito e um pouco de Orujo, para desentupir os "canais" da poeira do caminho, e uns/umas mais afoitos fizeram-se à ramada de uvas americanas (bem boas).

Desta forma, demos por terminada a nossa caminhada de fim-de-semana, do mês de Outubro.

O Coordenador: Luís Teixeira

A Secretária: Cinda Rodrigues

Caminhada Parambos, S. Bartolomeu 20-08 -2017

Partida do Porto, local combinado, cerca das 6.00H

Nº de participantes, muitos e os canideos, Nina e Vindouro.

Chegada a Parambos à hora combinada, dia excelente para a actividade.

A Memorável 9ª caminhada, contou com um numero recorde de participantes, para cima de muitos, o ambiente, festivo e alegre deu aso a uma amistosa mistura de gentes e natureza.

O percurso, dócil permitiu a alegre camaradagem e convívio.

O melhor veio depois, um almoço convívio estava à espera dos participantes, e foi muito bem recebido. Entretanto, passaram umas rifas a propósito de um dito presunto, e como nada é por acaso, na aldeia mais Sportinguista de Portugal, a vitória foi caseira, visto que a vencedora é uma verdadeira desportista e Sportinguista de coração; “Parabéns Isabel”.

Assim, e com a Taça na “Mala”, regressaram a casa os felizes caminheiros.

Sobre este evento, mais não digo e caso queiram saber, vão ao Facebook do Luis Rui, que muito e bem descreveu o acontecimento.

Feitas as contas, e as despedidas, regressamos a casa.

Obrigado pela vossa participação, até uma próxima,

Cinda Rodrigues e Luis Teixeira

 

castillo de monterrei 2900 pALTERAÇÃO DATA para 07 e 08 Outubro 2017

30 de Setembro e 01 de Outubro de 2017 – Ribeira da Fraga e Verin (ESPANHA)

Sábado 30 de Setembro

Local e hora de encontro:

09h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

10h00m – LIDL Valongo


Data/hora e local de encontro: Domingo, 7h30m - LIDL – VALONGO – Para a possibilidade de haver interessados, que se mobilizem e queiram ir ter com o grupo às Termas de Chaves para participarem na caminhada com visita ao Castelo de Verin.

Caminhada EcoVia Arcos de Valdevez 23-07-2017

Nº de participantes, 21 e 1 canideo, Nina

Partida do Porto, local combinado, cerca das 8.00H

Chegada a Jolda S. Paio, por volta das 9,30H, com um belo dia de verão.

Do Porto, saímos 19, em Jolda, 2 camaradas juntaram-se ao grupo.

Este percurso, em reta, fez com que tivéssemos que fazer uma pequena logística diferente do habitual.

Iniciamos a caminhada, de aproximadamente 22,5Km, cerca das 10,30H. Este percurso, situado ao longo dos rios, primeiramente o Lima e depois o Vez, refrescaram a caminhada que se previa quente. Tal como previsto e recomendado, houve tempo para alguns banhos naquelas excelentes águas.

Na vila dos Arcos, foi tempo para almoço e café, retemperando assim o grupo para a segunda etapa, Ponte de Vilela.

O dia esteve espetacular, mas o percurso ao longo do rio, e geralmente à sombra das arvores, manteve uma frescura constante no grupo. Os mais acalorados, aproveitaram as águas frescas e límpidas por mais do que uma vez.

O grupo chegou ao destino cerca das 16,30H, foi um andamento muito bom, e enquanto se fez a logística para o regresso com os condutores, o resto do grupo aproveitou para descansar e “visitar” a ponte, de origem medieval, com os seus arcos em ogiva.

Feitas as contas, e as despedidas, regressamos a casa.

Obrigado pela vossa participação, até uma próxima,

Cinda Rodrigues e Luis Teixeira

ParambosBoas, no próximo dia 20 de Agosto de 2017, vamos visitar a aldeia mais Sportinguista de Portugal, Parambos, que se situa perto de Carrazeda de Ansiães.

Esta visita tem a vantagem de podermos gozar de uma caminhada, que vem sendo tradição, pela São Bartolomeu.

O percurso é circular, de cerca de 10Km, o que dará para ocupar a manhã.

Sugere-se levar algo para comer, fruta, bolo, sandes e essencialmente água. Como esperamos um dia quente, alguns cuidados com o sol, e portanto levem protecções; boné, chapéu, lenço, óculos, cremes etc.

Dificuldade: baixa

Companhia: a simpática gente daquelas bandas

Almoço: Para quem não quiser almoçar fora, preparem algo e tragam

Recomendações: Boa disposição

Comparticipação: 1 Penante

Até lá, Cinda e Luís

EcoViaVez.jpgPrograma para 23 de Julho de 2017

 EcoVia Arcos de Valdevez

Ponto de encontro; Café Porto Extremo, “ Frente ao Hospital S. João”

Hora de encontro - 08H00 Hora de saída 08H20

Visto esta Ecovia ter uma extensão de cerca de 30Km, e o Grupo já ter feito a última parte; Vilela-Sistelo, o ano passado, propomos agora os outros dois, Jolda-Arcos e Arcos-Vilela.

 Este percurso é essencialmente plano, desnível de cerca de 60mts em todo o comprimento, e este é de cerca de 22,500Km. Acompanhamos, nos primeiros quilómetros o Rio Lima e de seguida, o Vez. Desta forma, e como contamos com um dia de calor, sugerimos que todos levem fatos de banho, toalha, protectores solar, óculos, chapéus, boias e patinhos de borracha, se for o caso, calçado apropriado, sem esquecer a água, sumos… nem algo para comer. As máquinas fotográficas são recomendadas, pois a zona tem uma vasta fauna e flora que farão a delícia da malta.

Como já perceberam, à excepção do comprimento do percurso, um pouco longo, a sua dificuldade é baixa.

GeiraRomana20170702 – TRILHO DA GEIRA – TERRAS DE BOURO

Domingo, 02 de Julho de 2017

Local e hora de encontro: 08h00m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundante


Tipologia Circular
Distância 9,5Km
Duração aproximada 4:00h
Tipo de piso Caminhos rurais de montanha
Grau de dificuldade Médio a Médio+
Local de Partida São Sebastião da Geira, Chorense
Local de Chegada São Sebastião da Geira, Chorense

Máximo participantes – 20

INSCRIÇÃO - 1 PEN@NTE>

Sábado 27 de Maio

Participantes: 18

Arnaldo Costa, Isabel Rocha, José Costa, Mara Lima e João Bezerra, Isabel Mortágua, Luís Teixeira, Júlio Portela e Helena F, Lino Santos, Cinda Rodrigues, A. Cardoso e Madalena
Vladimiro Pereira, Noémia Peres, Ju e Teresa Pereira, José Paulo Correia

Saída do Porto Extremo pouco depois das 9h00m de Sábado. Chegada a Miranda do Douro cerca das 13 horas, hora do almoço.
Reunido o pessoal, fomos tratar de almoçar e desta vez visitamos o Restaurante do Hotel *** O Mirandês.
Terminada a refeição, fomos fazer o check-in ao Parque de Campismo de Miranda, acabado de ser remodelado e com excelentes instalações.
Terminada a “instalação”, fomos fazer um “reconhecimento” das redondezas, com destaque, no seu belo parque citadino, com um percurso para manutenção, pista/trilho pedestre e paredes de escalada.

No Domingo dia 28, pelas 8,00H da manhã, o grupo juntou-se aos restantes inscritos na caminhada ao Trilho dos Chibiteiros.
Em bom ambiente, seguimos de autocarro, até Torregamones, onde iniciamos a caminhada com um grupo de cerca de 30 elementos.
Para melhor interpretarmos e entendermos toda a importância dos Chibiteiros/Chiviteiros, tivemos a distinta presença do Professor Hermínio, que com o seu grande conhecimento e gosto pela história e pelos trilhos Mirandeses, deu um enorme contributo cultural ao nosso passeio.
Já de regresso ao lado português, e junto à barragem, iniciamos a subida para Miranda, ao centro social do grupo Mirandanças, onde fomos recebidos com um belo churrasco, muita simpatia e até um caldo verde.
Após a refeição, despedimo-nos destes bravos e simpáticos camaradas, e tomamos a direção de casa.
Assim se passou mais um fantástico fim-de-semana.

O Coordenador/ Secretária
Luís Teixeira / Cinda Rodrigues

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq