small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

DSC0180227 de Setembro de 2015        

MATA DO BUÇACO - Relatório

Fotos aqui

Encontro no Café PORTO EXTREMO (Hospital de S. João) às 08h00m, saída às 8h30m.

34 Participantes.

Arnaldo Costa, José Nunes, Dulce Gonçalves, Luís Rui e Gabriel Coelho;

Tiago Costa, Cláudia Pereira, Augusto Monteiro e Cristina Martins

José Carlos, Orquídea Lima, Maria Graça Basto, Esperança Rodrigues e Isabel Quinta

António Oliveira, Rosa Oliveira, Maria Filomena Marcelo, Lília Araújo e Beatriz Silva

Isabel Mortágua, Luís Teixeira, Marisa Teixeira, Vladimiro Pereira e Noémia Peres

Vítor Monteiro, Fernanda Santarém, Lino Santos, José Costa

Cristina Silva, Joaquim Seca, pai e mãe da Cristina

Almeida Santos, Bernardete e “Dylan”

Iniciamos a caminhada por volta das 10,30 horas.

Nada melhor para relatório que transcrever os comentários das reportagens fotográficas feitas pelo companheiro Luís Rui:

“Aconteceu um grande dia para os caminhantes de dar aos Pen@ntes pela Mata do Buçaco” “Pela luxuriante frescura verde e sob forte luminosidade da manhã avançaram, serra acima, os caminheiros em direcção ao campo…. de batalha” “… e chegamos muito luminosos ao Campo da Batalha do Buçaco que vimos e vencemos com muita facilidade e alguns estrondos, que foram estrondosamente troantes, e que aqui só veremos o fumo….” “… Hora do almoço, merecido, depois da refrega que foi “vencer” uma batalha, uns momentos de degustação de calma….” ”… depois do repasto aí vamos, encosta acima observando a Flora, até à Cruz Alta…” “… e na Cruz Alta podemos ver claramente visto que Portugal é grande, pois daqui não se vê fim…. da crise.” “… e descemos pelos trilhos profusamente iluminadas por uma luz coada pela copa das árvores e que deixavam ver vestígios/pormenores que nos convidavam a parar até chegar às estrelas, que eram 5 no hotel, lá do sitio” “descida, desde o Hotel 5*, em direção ao lago, com pormenores que nos faziam parar para apreciar” “chegamos ao Lago...”

Depois foi só subir um escadório e iniciar o caminho de regresso ao Luso onde ainda foi possível conviver mais um pouco no arraial que aí se encontrava montado.

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

528825 403345049676996 176953835 nNa próxima sexta-feira, dia 09/10 a caminhada nocturna tem como propósito lembrar o nosso companheiro José Silva que repentinamente nos deixou há dois anos.

APAREÇAM no LIDL VALONGO às 21h30m!

DSC0134930 de Agosto de 2015            

PR6 CASTRO SÃO LOURENÇO ESPOSENDE - Relatório

Fotos aqui

Encontro no Café PORTO EXTREMO (Hospital de S. João) às 08h30m, saída às 8h45m.

29 Participantes em 6 viaturas.

Arnaldo Costa, Isabel Rocha, José Nunes, Dulce Gonçalves e Gabriel Coelho;

Josefina Varandas, Sandra Marques, Fernanda Almeida, Rosa Oliveira e Maria Filomena Marcelo;

José Carlos, Orquídea Lima, Lília Araújo, Maria Graça Basto e Sofia Santos;

Marisela Marquez, José António, Eduardo Dias, Diana Ferreira e Mónica Ferreira;

Miguel Mortágua, Isabel Mortágua, Luís Teixeira, Marisa Teixeira e Augusto Monteiro;

Tiago Costa, Cláudia Pereira, Paula Monteiro e Fernando Pereira.

Iniciamos a caminhada por volta das 10 horas.

Trata-se de um percurso com poucos pontos de interesse, só os dolméns e o Castro são motivo de alguma atenção.

Foi um passeio de Domingo bastante agradável, plano e de muito fácil execução. Valeu pelo excelente convívio dos participantes e permitiu uma visita à Feira Medieval que decorria em Esposende.

Foi uma jornada do agrado geral dos participantes.

 Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

01 Mata Nacional do BuçacoFMBMATA DO BUÇACO – PERCURSOS LIVRES

Domingo, 27 de Setembro de 2015

Local e hora de encontro: 8h00m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Características do Percurso 
Caracterização geral

A mata do Buçaco está situada a 40º 33'N e 8º 28'W, no concelho da Mealhada, a 40 Km do litoral atlântico, no extremo da Serra do Buçaco, onde a montanha atinge os 547 metros de altitude, no lugar chamado Cruz Alta.

Tem um comprimento máximo de 950 metros entre as Portas de Sula e as Portas de Coimbra.

A mata do Buçaco encontra-se cercada por um muro de 5750 metros de comprimento e 3 de altura, limitando uma área de 400 hectares, extremamente ricos no que diz respeito à flora. Possui ainda uma enorme riqueza em termos arquitectónicos, dos quais se destaca o famoso Palace Hotel.

O clima é ameno, com raras e rápidas geadas e excepcionalmente neva. A pluviosidade anual é de cerca de 1500 mm, com 130 dias anuais de chuva.

A temperatura oscila entre os 39 - 40ºC no Verão e 1ºC no Inverno.

Na mata do Buçaco os nevoeiros são muitos frequentes e densos, sendo menos frequentes na Primavera e Inverno do que no Verão e no Outono.

Actualmente constatamos, com alguma mágoa, que a mata se encontra algo degradada e abandonada em alguns pontos da sua extensa área, sendo esperada uma rápida intervenção para que esta possa recuperar rapidamente a sua imagem.

Máximo participantes – 25

Regresso ao Porto a meio da tarde.

Sugestões:

Água é fundamental.

Comida – Suficiente para as pausas de restabelecimento de energias e refeição leve para almoço.

Roupa adequada, incluindo boné.

Calçado confortável.

Bastões de caminheiro (não fundamentais, mas recomendam-se...)

Óculos de sol e protetor solar

Máquina Fotográfica.

Impermeável, de prevenção, caso chova.

Manta de sobrevivência, quem tiver.

Boa disposição q.b.

Nota: A atividade não tem seguro. Obrigatória a assinatura de termo de responsabilidade.

Agradeço aos interessados que confirmem a sua presença até Quinta-feira, dia 24 de Setembro, indicando se podem ou não levar viatura própria. A decisão das viaturas a utilizar será feita em conformidade com o nº de presentes à partida, por forma a tentarmos minimizar custos, por pessoa, com a viagem.

Inscrições através de envio de mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Contactos dos responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Coordenador - Arnaldo Costa - 917755286

Secretário – Tiago Costa – 912488446

castro s lourençoPercurso: EPS PR6 - Castro de S. Lourenço - ESPOSENDE

Domingo, 30 de Agosto de 2015

Local e hora de encontro: 8h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João. Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Características do Percurso Nome Castro de S.Lourenço Código EPS PR6

Tipologia Circular

Distância 9,5 Km

Duração aproximada 4:00h

Tipo de piso Caminhos rurais

DSC01254 226 de Julho 2015

Encontro no Café PORTO EXTREMO (Hospital de S. João) às 07h30m, saída às 7h50m.

15 Participantes em 5 viaturas.

Fotos aqui

Candal Lousã fotoPercurso: PR4 Caminho do Xisto da Lousã - Rota da Quatro Aldeias - Programa

Domingo, 26 de Julho de 2015

Local e hora de encontro: 7h30m – Café PORTO EXTREMO ( Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Tipo de Percurso: Pedestre Linear

Distância: 10 Km (Ida e volta – aproximadamente 20 Km)

Duração Média: 8h00m

Dificuldade: Difícil

Máximo participantes – 20

Nota importante – Levar equipamento para BANHO.

GrupoEncontro no Café PORTO EXTREMO (Hospital de S. João) às 08h30m, saída às 8h45m.

27 Participantes em 6 viaturas.

Arnaldo Costa, Isabel Rocha, José Nunes, Dulce Gonçalves e Sofia Santos;

Lino Santos, Luís Teixeira, Isabel Mortágua, Marta Oliveira e Joana Oliveira;

Vladimiro Pereira, Noémia Peres, José Carlos, Andreia Guedes e Elisabete;

Beatriz Silva, Joaquim Seca, Liliana Rocha, Rosa Oliveira e Orquídea Lima;

Luís Gomes, Maria Manuel, Jorge Oliveira, Fernanda Carneiro e Margarida Silva;

Nuno Sousa, Ricardo Pinto e “RUCA”.

Iniciamos a caminhada por volta das 11 horas.

Nas palavras abaixo do nosso companheiro de caminhada Jorge Oliveira percebe-se bem o sucesso de mais este evento.

“Excelente passeio com inicio em Campo do Gerês e passagem pela albufeira de Vilarinho das Furnas. Fácil execução, favorável a convívio e boa disposição. O calor abrasador que se fez sentir permitiu-nos coroar o nosso passeio com uma banhoca no Soajo onde visitamos os espigueiros e o centro histórico, enquanto os mais destemidos avançaram para a conquista da Calcedónia.”

As várias reportagens fotográficas (Fotos) e comentários que se encontram no Facebook nas páginas habituais: Alto Relevo - Clube de Montanhismo e Dar aos Pen@ntes, são testemunho muito melhor que qualquer relatório elaborado que possa ser feito. Assim convido-vos a fazerem lá umas visitinhas.

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

PR5 Fraga do SarilhãoPercurso: PR 5 Águia do Sarilhão

Domingo, 28 de Junho de 2015

Local e hora de encontro: 8h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Ponto de partida / chegada:  Museu Etnográfico de Vilarinho da Furna / Porta do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) em Campo do Gerês. 

Extensão: 9 km. 

Duração: cerca de 3 h. 

Dificuldade: média. 

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais.

Âmbito: Ambiental, paisagístico, cultural e desportivo

Máximo participantes – 25

DSC00787

PR Serra da Freita

Domingo 17 de Maio de 2015

Partida às 8,00h, 17 participantes em 4 viaturas

Arnaldo Costa, Orquídea Lima, José Nunes, Dulce Gonçalves e José Costa

Vladimiro Pereira, Noémia Peres, Rui Machado, Margarida Silva e Marisela Marquez

Sofia Santos, Luís Rui, Rosa Oliveira, Maria Filomena Marcelo e António Pinto

Augusto Monteiro e Liliana Rocha

Nada melhor como relatório como o comentário em Facebook do caminheiro Luís Rui:

"Andamos pela Serra da Freita num belo dia com os melhores caminheiros, tivemos encontros imediatos no Goe Parque com o Sapo Ibérico, com as pedras Broas, com vacas e Cabras da Freita, com flores, com a queda da Mijarela, avistamos, ao longe, as Pedras Parideiras... e voltamos muitos mais sabedores do que é o mundo, desde à seis e muitos milhares de anos. aqui tão perto"

Fotos partilhadas como habitualmente no Facebook pelos mais diversos reporteres, aqui deixo o link para as do Coordenador.

 

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq