user_mobilelogo

small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

Plataforma colaborativa de recolha de dados ambientais

 

 

tornar membro arcm

Siga-nos no

 

facebook

 

instagram

DSC0268521 de Fevereiro de 2016

SERRA DO LAROUCO – GRALHAS – MONTALEGRE

Fotos aqui

Encontro no Porto Extremo – 8h00m

26 Participantes e 3 canídeos (Reya, Vindouro e Nina)

Arnaldo Costa, Gabriel Coelho, José Costa e Luís Rui

Vladimiro Pereira, Noémia Peres, Teresa Pereira, Lubélia Carvalho e Helena Silva

Beatriz Silva, Catarina Ascensão, Augusto Monteiro, José Nunes e Dulce Gonçalves

António Oliveira, Rosa Oliveira, Valdemar Freitas, Maria Filomena Marcelo e Isabel T. Gomes

José Carlos Gomes, Orquídea Lima, Sofia Santos, Graça Costa e Luís Teixeira

José Paulo Correia e Cinda Rodrigues

Iniciamos a ascensão pouco depois das 10h30m com um tempo maravilhoso para a prática desta atividade. Um dia de sol esplêndido e vento q.b., com vistas maravilhosas de longo alcance para as cumeadas das serras vizinhas cobertas de um manto branco fabuloso. Ainda pouco tínhamos subido, e já apareciam os primeiros resquícios de neve a darem largas às férteis imaginações dos presentes e às habituais brincadeiras próprias para idades entre os 7 e os 77. A meio da parada uma reconfortante pausa para recarregar energias e logo reiniciamos a “verdadeira” ascensão com cada mais neve à nossa disposição. Não foi fácil para todos, mas com paciência e a entreajuda habitual lá acabamos por alcançar o marco geodésico que indica o ponto mais alto dessa serra – referenciado como um dos mais altos do continente. Foi tempo de apreciar a coragem de uns quantos praticantes de parapente que aproveitavam as excecionais condições do dia para essa prática. Acabado o merecido descanso, e com o ponto de partida bem visível lá do alto, iniciamos a descida “tipo cabritada” até ao estradão que nos conduziu de regresso à belíssima aldeia de Gralhas. Eram 16h e estávamos todos reunidos, satisfeitos com mais um evento de sucesso e agradecidos ao S. Pedro pelo dia proporcionado. Venha o próximo!

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

Perfil do Larouco

SERRA DO LAROUCO – GRALHAS - MONTALEGRE

Domingo, 21 de Fevereiro de 2016

Local e hora de encontro: 8h00m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Percurso de montanha, desde a localidade de Gralhas até ao ponto mais alto da Serra do Larouco.

O grupo será orientado pelo nosso companheiro de Caminhadas Paulo Correia, conhecedor da zona e que já percorreu este trilho diversas vezes.

Máximo participantes – 20

Regresso ao Porto a meio da tarde.

Sugestões:

MUITO IMPORTANTE: Casaco corta vento. O ponto mais alto da serra situa-se acima dos 1500m.

DSC0248131 de Janeiro de 2016

TRILHO DA PEDRA ALÇADA - SERRA D'ARGA - CAMINHA

Fotos aqui

Encontro no Porto Extremo – 8h30m

16 Participantes e 3 canídeos (Reya, Vindouro e Nina)

Arnaldo Costa, José Nunes, Dulce Gonçalves, José Costa e Margarida Silva

Vladimiro Pereira, Noémia Peres, Teresa Pereira, Cristina Martins e Augusto Monteiro

José Carlos Gomes, Orquídea Lima, Maria Filomena Marcelo e Maria Rodrigues

José Paulo Correia e Cinda Rodrigues

Iniciamos a ascensão à Pedra Alçada pelas 10 horas. Apesar das condições climatéricas adversas, elevado teor de humidade, foi um percurso agradável. O maior obstáculo foi a lama existente no estradão que se encontra em obra e que obrigou a alguma “cabritada” que acabou por se tornar divertida. Por volta das 13horas fizemos a pausa da praxe, para almoço, no Parque de Merendas junto à ribeira de S. João. A chuva acabou por dar-nos uma bela trégua, quase até ao final da caminhada. A passagem pelo Mosteiro de São João D’Arga foi um dos pontos de interesse relevante desta jornada que viria a terminar, sem qualquer incidente por volta das 16 horas. Depois de lanche na Meadela foi tempo de despedidas e regresso ao conforto dos lares. Mais uma jornada de sucesso, domingo em boa companhia e passado de forma agradável e saudável…

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

14118664 1ZlhUTRILHO DA PEDRA ALÇADA – SERRA D’ARGA – CAMINHA

Domingo, 31 de Janeiro de 2016

Local e hora de encontro: 8h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

DSC0233129 de Novembro de 2015

Rota da Penha - GUIMARÃES

Fotos aqui

Encontro no Porto Extremo – 8h30m

25 Participantes

Arnaldo Costa, José Nunes, Dulce Gonçalves, Gabriel Coelho, Cinda Rodrigues, José Paulo Correia, Tiago Macedo e namorada, Conceição Pedro, Israel e Sónia, António Oliveira, Rosa Oliveira, Augusto Monteiro, Júlia Sampaio e Ma. Graça, José Carlos Gomes, Orquídea Lima, José Costa, Luís Rui e Margarida Silva, Luís Teixeira, Isabel Mortágua, Mafalda e Miguel Melo

Ribeira Fraga Nov 20157 e 8 de Novembro de 2015

Ribeira da Fraga - Relatório

Fotos aqui

Encontro no LIDL Valongo às 9h00m, saída às 9h30m.

17 Participantes

Arnaldo Costa, Luís Rui, José Costa, Gracinda e Sofia Santos, Joaquim Seca, Luís Teixeira, Lino Santos, Beatriz Silva e Augusto Monteiro, Júlio Portela, Helena, Cristina Martins e José Paulo Rodrigues, José Carlos Gomes, Orquídea Lima e Marina, (participaram só no Domingo)

Monte da Penha 1 510 300PR3 – ROTA DA PENHA - GUIMARÃES

Domingo, 29 de Novembro 2015

Local e hora de encontro: 8h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.

Embora remonte ao período pré-histórico a ocupação da Montanha da Penha, foi nos últimos três séculos que se intensificou essa relação dos homens com o espaço onde predominam as rochas graníticas.

Este lugar serve de miradouro à cidade de Guimarães e simboliza a amena convivência da religiosidade, das manifestações da fé cristã, com os recursos legados pela Natureza.

A Penha é um espaço fascinante, onde grutas, penedos, desfiladeiros, fontes e árvores de grande porte são atrativos para retemperadoras caminhadas por entre vestígios da devoção cristã dos homens que a transformaram.

Partida e chegada

Guimarães (Parque da Cidade ou Igreja de N. Sra. da Consolação e Santos Passos (S. Gualter)

Âmbito - Histórico-cultural, ambiental e paisagístico

Tipo de percurso - Pequena Rota

Distância a percorrer - 8,5 Km

Duração do percurso - Cerca de 3 horas

Nível de dificuldade - Fácil

Desníveis - Cota mínima 210m / máxima 613m

Época aconselhada - Todo o ano

Máximo participantes – 25

AR V. N. Foz Côa 17.10 4817 / 18 Outubro de 2015   

FOZ COA - PR AO PALEOLÍTICO SUPERIOR

Fotos aqui

Encontro no LIDL Valongo às 10h00m,

20 Participantes.

Arnaldo Costa, Isabel Rocha, Vladimiro Pereira, Noémia Peres e Cristina Garrido;

António Oliveira, Rosa Oliveira, Maria Filomena Marcelo, Valdemar Freitas e José Costa;

Lino Santos, Luís Teixeira, Isabel Mortágua, Cristina Martins e Augusto Monteiro;

José Carlos, Beatriz Silva, Luís Rui, Lília Araújo e Sérgio Caban.

DSC0050607 e 08 de Novembro de 2015 - Ribeira da Fraga, Carrazedo de Montenegro, VALPAÇOS

Data/hora e local de encontro: Sábado, 9h00m - LIDL – VALONGO

 

Data/hora e local de encontro: Domingo, 8h00m - LIDL – VALONGO – Para a possibilidade de haver interessados, que se mobilizem e queiram ir ter com o grupo a Carrazedo de Montenegro, para a caminhada de Domingo.

DSC0180227 de Setembro de 2015        

MATA DO BUÇACO - Relatório

Fotos aqui

Encontro no Café PORTO EXTREMO (Hospital de S. João) às 08h00m, saída às 8h30m.

34 Participantes.

Arnaldo Costa, José Nunes, Dulce Gonçalves, Luís Rui e Gabriel Coelho;

Tiago Costa, Cláudia Pereira, Augusto Monteiro e Cristina Martins

José Carlos, Orquídea Lima, Maria Graça Basto, Esperança Rodrigues e Isabel Quinta

António Oliveira, Rosa Oliveira, Maria Filomena Marcelo, Lília Araújo e Beatriz Silva

Isabel Mortágua, Luís Teixeira, Marisa Teixeira, Vladimiro Pereira e Noémia Peres

Vítor Monteiro, Fernanda Santarém, Lino Santos, José Costa

Cristina Silva, Joaquim Seca, pai e mãe da Cristina

Almeida Santos, Bernardete e “Dylan”

Iniciamos a caminhada por volta das 10,30 horas.

Nada melhor para relatório que transcrever os comentários das reportagens fotográficas feitas pelo companheiro Luís Rui:

“Aconteceu um grande dia para os caminhantes de dar aos Pen@ntes pela Mata do Buçaco” “Pela luxuriante frescura verde e sob forte luminosidade da manhã avançaram, serra acima, os caminheiros em direcção ao campo…. de batalha” “… e chegamos muito luminosos ao Campo da Batalha do Buçaco que vimos e vencemos com muita facilidade e alguns estrondos, que foram estrondosamente troantes, e que aqui só veremos o fumo….” “… Hora do almoço, merecido, depois da refrega que foi “vencer” uma batalha, uns momentos de degustação de calma….” ”… depois do repasto aí vamos, encosta acima observando a Flora, até à Cruz Alta…” “… e na Cruz Alta podemos ver claramente visto que Portugal é grande, pois daqui não se vê fim…. da crise.” “… e descemos pelos trilhos profusamente iluminadas por uma luz coada pela copa das árvores e que deixavam ver vestígios/pormenores que nos convidavam a parar até chegar às estrelas, que eram 5 no hotel, lá do sitio” “descida, desde o Hotel 5*, em direção ao lago, com pormenores que nos faziam parar para apreciar” “chegamos ao Lago...”

Depois foi só subir um escadório e iniciar o caminho de regresso ao Luso onde ainda foi possível conviver mais um pouco no arraial que aí se encontrava montado.

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Tiago Costa

Siga-nos em

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq