small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

DATA DA ACTIVIDADE: 11 e 12 de Fevereiro de 2017

CAVIDADE: Gruta da Encosta – Cavidade Natural Cársica
Cavidade não incluída na listagem do anexo 1 do Regulamento do Plano de Ordenamento do PNSAC, aprovado pela RCM nº 57/2010

LOCALIZAÇÃO:

Sobreira/Lagar Novo - Mendiga - Porto de Mós - Leiria - PNSAC – MCE
Carta Militar de Portugal, série M888, folha 318, escala 1/25000 - Altitude: 422 mt.

OBJECTIVOS:

Prospecção da zona envolvente, continuação da exploração e inicio da topografia da cavidade

EQUIPA:

Prospecção / exploração: Beatriz Silva e Carlos Mendes
Desobstrução / exploração: Hugo Pardal, Luís Sousa e Nuno Rodrigues
Topografia: Luís Teixeira, Nelson Ribeiro e Vítor Gandra

Todos os espeleólogos participantes, são sócios do ARCM, federados na FPE, possuidores da formação grau N2 e/ou N3 e com o respectivo seguro em vigor.

RESULTADO DA ACTIVIDADE:

Dia 11 - sábado: Inicio dos trabalhos às 11.15h e término às18.10h. Após reconhecimento da cavidade pela equipa e montagem da equipagem necessária, foi realizada a topografia de aproximadamente 2/3 da área da mesma, através da utilização dos aparelhos DistoX2, com calibração de Delta=0.14 e PDA, com o programa de tratamento de dados Pocket Topo. Foi dado continuidade aos trabalhos de desobstrução, na nova zona descoberta na actividade anterior, que nos proporcionou, após sucessivas desobstruções numa extensão aproximada de 5mt., encontrar mais uma Sala-Galeria, com razoável dimensão e possuidora de variados e interessantes espeleotemas. Foi também realizada uma prospecção na envolvente da cavidade e explorado um pequeno abatimento, que não deu “frutos”. É necessário realizar mais uma actividade no local, para concluir a topografia e fotografar a gruta.

Dia 12 – domingo: Devido ao mau tempo (chuva intensa) a actividade prevista foi cancelada e o período da manhã foi passado em modo de Espeleo-Café, analisando os trabalhos realizados no dia anterior (topografia e exploração).

REPORTAR: AUSENTE / PRESENTE:

Foi verificada a presença de um Quiróptero da subordem Microchiroptera, espécie Rhinolophus Ferrumequinum (nome comum: morcego de ferradura grande), junto à cabeceira do P6 e uma ossada de um animal "carnívoro" na zona das galerias baixas.
Pernoitamos nas instalações do “Grupo Recreativo Os Unidos da Serra” em Santo António
Ausência de acidentes ou incidentes

 

Elaboração do relatório:
Nuno Rodrigues
(sócio nº 402 ARCM e nº 289 FPE)

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq