user_mobilelogo

small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

Plataforma colaborativa de recolha de dados ambientais

 

 

tornar membro arcm

1 - Caminhadas nocturnas - Sextas-feiras 21,30h
Ponto de encontro - LIDL Valongo
Manter e estimular este saudável hábito que tem servido de excelente treino para as caminhadas organizadas.

2 - Planear e organizar, mensalmente, PR (percurso pedestre de pequena rota) em zonas geográficas que se situem até um raio máximo de 150Km, a partir do Porto. Programa e ponto de encontro a definir e divulgar antecipadamente.

3 - Planear e organizar 2 fins de semana, em paragens porventura mais longínquas, com acampamento no destino e possibilidade de aí realizar caminhada em PR’s existentes ou com guia local.

À semelhança do ano anterior, apoiar as iniciativas que surjam no ARCM, sejam elas internas ou de entidades que as solicitem ao Clube e que mereçam a aprovação deste.

poio 10Domingo, 26 de Janeiro de 2013

Local e hora de encontro: 8h00m - Café PORTO EXTREMO ( Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João. Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes.
Localização do percurso: Cerva, Ribeira de Pena
Tipo de percurso: Pequena rota (circular)
Distância a percorrer – 11,3Km
Grau de Dificuldade  – Moderado
Duração estimada –  4,30 horas
Máximo participantes – 20

090Moinhos do Picón e do Folón - Galiza - España - 1 de Dezembro de 2013

Nº de Participantes: 33

Encontro no Porto Extremo (H S João) às 8h10m.

 

Muiños Picon e Fulon

Domingo, 1 de Dezembro de 2013 - Moinhos do Picón e do Folón - Concelho do Rosal - Galiza - España

Ponto de Encontro: 8h10m - CAFÉ PORTO EXTREMO (Em frente ao Hospital de S. João)

 

Programa

8h30m - Partida para Caminha.

Em Caminha – pequena Pausa para Café, etc... e compra das passagens para o Ferry-Boat.

10h – Travessia no Ferry-Boat Santa Rita de Cássia – Custo por passageiro: 1€

Chegados a España vamos dirigir-nos para o ponto de partida do trilho proposto. Dado que se trata de um percurso de extensão reduzida, utilizaremos o tempo restante para visitarmos alguns pontos de interesse relacionados com a apanha de cogumelos e de vistas espectaculares para a baía de Baiona, Islas Cies e Ria de Vigo. Seremos guiados pelo Secretário Júlio Portela, natural daquela região e profundo conhecedor daquelas paragens.

Distância a percorrer – 3,5 Km, mais os Kms do passeio no planalto da montanha a visitar.

Dificuldade do percurso – Fácil


IMG 421903 de Novembro de 2013

PR Trilho da Srª Da Serra – Soutelo – Santa Marta de Penaguião

“Em busca da castanha por terras do Marão”

Nº de Participantes: 23

Encontro no Lidl Valongo pelas 7h45m.

Chegada a Soutelo cerca das 9h30m, depois de paragem em Boavista para café, necessidade primária de alguns caminheiros. Fotos aqui

133

27 de Outubro de de 2013

SANTO TIRSO PR1 Histórico Pré Industrial / PR3 Nascente Rio Leça

Nº de Participantes: 19

Encontro no Lidl Valongo pelas 9 horas.

Chegada ao Carvalhal de Valinhas pouco depois das 9,30h. Início da caminhada em direção a Pereiras pelas margens do Leça. Aqui chegados deparamos com algumas marcações confusas do PR1 apontando em diversas direções. Daqui seguimos até ao Castro do Monte Padrão e mais uma vez as novas marcações geraram algumas dúvidas sobre qual a direção a seguir. Assim foi decidido, de forma consensual, seguir o trilho do PR3 e fazer uma visita à nascente do Rio Leça. A ideia foi muito bem aceite e depois da pausa para almoço, seguimos até à nascente. No regresso, foi ainda possível apreciar as quedas de Fervença e os maravilhosos efeitos visuais e sonoros da água ao longo desta cascata.

Feitas as contas a caminhada que se previa de 11Km passou par 20Km e, ao que parece, desta vez ninguém reclamou do aumento. Parece até que foi do agrado geral que tal tenha acontecido.

O remate final, como não podia deixar de ser, foi de Jesuítas numa das conceituadas pastelarias da cidade, com despedida junto à ponte com vistas para a cascata do Ave e Parque da Rabada.

Ficou a sensação de que a caminhada foi do agrado de todos os participantes, a eles os nossos agradecimentos porque são eles que tornam possíveis estes sucessos.

Link para as fotos aqui

Os responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto Relevo - Clube de Montanhismo)

Arnaldo Costa e Júlio Portela

098

Domingo, 3 de Novembro de 2013

Local e hora de encontro: SUPERMERCADO LIDL DE VALONGO – 7h45m

Localização do percurso: Serra do Marão

Tipo de percurso: Circular de pequena rota

Ponto de partida: a definir

Distância a percorrer: cerca de uma dúzia de Km

Grau de Dificuldade: Médio

Duração estimada: 5 horas

Máximo participantes: 20

 

025Domingo, 27 de Outubro de 2013

Local e hora de encontro: SUPERMERCADO LIDL DE VALONGO – 9h00

Localização do percurso: Santo Tirso

Tipo de percurso: Circular de pequena rota

Ponto de partida: Carvalhal de Valinhas

Distância a percorrer – 11 Km

Grau de Dificuldade – Médio

Duração estimada – 3 a 4 horas

Máximo participantes – 20

081Pernoita e caminhada - PR Circular - 4 aldeias: Ribeira da Fraga-Cabanas-Curros-Vale de Campo – Ribeira da Fraga (da autoria de José Paulo Rodrigues)

Nº de Participantes: 10

Encontro no Sábado, dia 12 pelas 14,30h, no Porto Extremo – H. S. João.

Viagem em 2 viaturas até Ribeira da Fraga, via A4, com paragem em Murça para café e compra de alguns alimentos para o jantar. Não havendo, em Murça, nenhum estabelecimento onde fosse possível comprar carnes frescas, seguimos viagem ao encontro dos nossos anfitriões onde chegamos pelas 17,30h. Descarregadas as viaturas, 3 de nós foram a Valpaços comprar as ditas carnes, enquanto os restantes se dedicaram à montagem do acampamento. O sítio, designado lameiro pelo anfitrião, é lindíssimo e mais bonito ficou com as tendas, os candeeiros de vela improvisados e uma avantajada fogueira, que permaneceu acesa por longas horas. Foi nesta fogueira que “brilhantes churrasqueiros” puseram à prova as suas habilidades tornando simples tiras de entrecosto suíno e fêveras em verdadeiro manjar de deuses. Salpicão, salsicha fresca e alheiras da zona tinham entretanto sido devoradas como entrada, acompanhadas de pão de centeio lá da terra. A salada com produtos da horta mesmo ao lado das barracas e batata frita de pacote serviram de acompanhamento. Ao jantar tivemos a companhia dos pais do Paulo e éramos assim12 comensais que acabaram por ficar em amena “cavaqueira” pela noite dentro. Sempre em vigília e atentoa qualquer distração nossa estavam a Reia, a cadela e os quatro gatos que residem no espaço, isto para além das galinhas, dos patos, da ovelha Beatriz e das suas duas crias. Grande animação, sem dúvida!

Últimos eventos realizados

Siga-nos em

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq