small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

PR 5 Lagoas de Bertiandos e S. Pedro D’ Arcos   25-02 2018

Nº de participantes: 43 e 1 infante (Santiago) + 1 canídeo (Nina)

Partida do Porto cerca das 8,20h

Os participantes neste TRILHO DA ÁGUA - PR5, após a partida do Porto, reuniram-se no Parque do Centro de Interpretação Ambiental das LAGOAS DE BERTIANDOS, onde se reuniram mais 2 carros e 1 motorizada, tendo-se feito as já costumeiras fotos de grupo, algumas das quais com bastante criatividade e rumando depois ao Centro de Interpretação que, por azar, nesse dia estava fechado.

Partiu então o grupo em direcção aos passadiços das Lagoas, passando pelo Parque de Merendas da Quinta dos Pentieiros, com interessantes motivos decorativos e pela ponte da Freixa, entrando depois pelos passadiços propriamente ditos. Depois dessa passagem, tivemos um extra que foi a visita a um casal de cegonhas que nos miravam do alto do seu ninho. Será que estariam à escolha do casal a quem dariam o seu "presente"?

Continuamos a nossa senda, esperando que o simpático casal de pernaltas não levassem a sua missão tão a sério, pelo menos connosco, e fomos surpreendidos com a majestade do Solar de Bertiandos, cuja história já vem do séc. XV.

Quase em frente, e desfrutando de uma bela floresta, nas margens do rio Lima, o grupo ocupou as várias mesas e retemperou forças, com o que cada um trazia nas suas mochilas. Após esse momento de convívio retomamos o caminho de volta e como à chegada tínhamos só feito cerca de 14 Kms, um grupo mais afoito (os veteranos de sempre), fez mais um pequeno percurso com cerca de 1,5 Km pelos passadiços de S. Pedro de D'Arcos.

Para premiar o sucedido e chegados ao parque de estacionamento, o casal Oliveira surpreendeu o veterano José Nunes, com um belo bolo e uma bela pinga de champanhe, servido nuns originais copos, tendo todos feito coro - afinadinho - cantando os parabéns, fazendo-o mesmo corar este ilustre caminhante. Terminámos com umas belas bolas!!!!! de berlim em Viana do Castelo.

Por estas e por outras, caminhar com este grupo é a loucura total!

Coordenador – Luís Teixeira

Secretária – Cinda Rodrigues

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq