user_mobilelogo

small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

Plataforma colaborativa de recolha de dados ambientais

 

 

tornar membro arcm

Siga-nos no

 

facebook

 

instagram

Citania Briteiros 1 510 300 1 510 300PR2 ROTA DE CITÂNIA - GUIMARÃES

Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Local e hora de encontro: 08h30m – Café PORTO EXTREMO (Grupo Tropical Burguer), mesmo em frente à entrada principal do Hospital de S. João.

Existem lugares de estacionamento suficientes na frente e nas traseiras dos prédios circundantes

A “Rota da Citânia” estende-se ao longo das freguesia de Donim e S. Salvador de Briteiros, na orla setentrional do concelho, delimitado a norte pelas montanhas de altitude média acima dos quatrocentos metros da Falperra e a zona de vale do rio Ave, a sul. Trata-se de um território que, para além de dispor de boas condições naturais para as atividades agro-pastoris, disponibiliza excelentes condições de defesa natural, condições privilegiadas para os desenvolvimentos das primeiras formas civilizacionais.

Os trabalhos arqueológicos de Martins Sarmento em Sabroso e em Briteiros, a partir de 1875, permitiram conhecer uma das mais importantes civilizações castrejas do noroeste peninsular.

Os achados arqueológicos que então foram disponibilizados, e que podem ser observados na Citânia de Briteiros e no Museu da Cultura Castreja (dois espaços integrados neste trilho pedestre), PR2 Rota da citânia representam importantes testemunhos da complexidade civilizacional destes povos.


Dos artefactos em ouro, com decorações muito elaboradas até ao trabalho da pedra, de que são exemplos emblemáticos as Pedras Formosas, os objetos de uso pessoal, os instrumentos e alfaias usados nas atividades quotidianas, permite-nos imaginar que a civilização castreja, “matriz da identidade cultural” dos povos do noroeste possuía formas culturais e artísticas bastante evoluídas. Ao longo do rio Ave e dos afluentes Febras e Torto podemos, ainda hoje, observar alguns dos artefactos de maior utilidade na economia agro pastoril desta região – os moinhos. É, pois, na procura dos moinhos e da paisagem envolvente que o convidamos a fazer o percurso que a seguir lhe propomos.

Ficha Técnica

Partida e Chegada: Briteiros (Salvador)

Âmbito: Histórico-cultural, ambiental e paisagístico.

Tipo de Percurso: de Pequena Rota, por caminhos rurais.

Distância a Percorrer: aproximadamente 12,5 Km - circular.

Duração do Percurso: Cerca de 5 horas.

Nível de Dificuldade: Fácil.

Desníveis: Pouco acentuados.

Época Aconselhada: Todo o ano

Máximo participantes – 25

Regresso ao Porto a meio da tarde.

Sugestões:

Água é fundamental.

Comida – Suficiente para as pausas de restabelecimento de energias e refeição leve para almoço.

Roupa adequada, incluindo boné.

Calçado confortável.

Bastões de caminheiro (não fundamentais, mas recomendam-se...)

Óculos de sol e protetor solar

Máquina Fotográfica.

Impermeável, de prevenção, caso chova.

Manta de sobrevivência, quem tiver.

Boa disposição q.b.

Nota: A atividade não tem seguro. Obrigatória a assinatura de termo de responsabilidade.

Agradeço aos interessados que confirmem a sua presença até Quinta-feira, 1 de Dezembro, indicando se podem ou não levar viatura própria. A decisão das viaturas a utilizar será feita em conformidade com o nº de presentes à partida, por forma a tentarmos minimizar custos, por pessoa, com a viagem.

Inscrições através de envio de mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Contactos dos responsáveis pela secção de Trekking do ARCM (Alto-Relevo Clube de Montanhismo)

Coordenador - Arnaldo Costa - 917755286

Siga-nos em

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq