small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

O ARCM, a Câmara Municipal de Valongo e algumas pessoas que utilizam as Serras de Valongo de uma forma de usufruto e proteção ambiental têm detetado alguns atos de CRIME AMBIENTAL nestas mesmas serras. Estes atos já estão a ser detetados desde Fevereiro deste ano, sensivelmente, e têm-se vindo a agravar a olhos vistos.

Arvores FP Maio2013 2

O último ato de crime ambiental ocorreu a meio da passada semana junto ao famoso Fojo das Pombas. Para quem conhece o local sabe a beleza de toda a envolvência e os esforços que têm sido feitos ao longo de vários anos para que seja preservada. Ainda não foi identificado o(s) indivíduo(s) que cortaram as árvores mas garantidamente que foi um ato de vandalismo e de crime ambiental.

As autoridades de segurança pública e serviços municipais estão alertados e reforçaram a vigilância do local numa tentativa de identificar o(s) autore(s).

As árvores abativas estavam situadas dentro do perímetro de segurança (vedação), mesmo junto à abertura principal do Fojo das Pombas. Das árvores abatidas verificam-se que são pinheiros já com algum porte e sobreiros.

A abertura principal do Fojo das Pombas é uma abertura direta de -70m/-75m, dependendo do local à superfície e muitas das árvores cortadas foram para o seu interior, algumas ficaram penduradas pela vegetação danificando a vegetação característica do Fojo, nomeadamente o feto arbóreo e uma outra espécie de feto protegida (trichomanes speciosum) e outras caíram na base da abertura principal (-70m/-75m). Esta abertura principal do Fojo das Pombas está rodeada de vários outros poços adjacentes da mesma profundidade.

A remoção das árvores e limpeza do local será efetuada dentro em breve (questão de dias) e está já a ser providenciada e organizada pela autarquia e em sintonia com a Proteção Civil e o ARCM. Será aproveitada esta ação e serão removidos do seu interior os resíduos que vão acumulando (despejados) ao longo do tempo, nomeadamente animais mortos, resíduos plásticos (cadeiras, etc.) e algumas paletes de madeira.Arvores FP Maio2013 1

O ARCM enquanto associação espeleológica (federada e credenciada pela Federação Portuguesa de Espeleologia) e como ONGA (Organização Não-Governamental do Ambiente) condena obviamente tais atos e pede a todos os utilizadores das Serras que reportem atos destes à Autarquia (Departamento do Ambiente) ou à Secção de Proteção do Ambiente e Património do ARCM em O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. para que possamos dar seguimento e encaminhar o processo às autoridades competentes.

Alerta-se para o cuidado extra junto do Fojo das Pombas por causa das árvores abatidas que tapam de alguma forma os poços adjacentes.

Ajudem-nos a preservar as NOSSAS SERRAS porque elas são de TODOS!!!

Agradecemos que passem a palavra e divulguem/denunciem estes atos de CRIME AMBIENTAL.

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq