small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

Divulga-se em anexo mais um relatório da exploração do "Algar do Crocodilo" realizado no passado dia 21 e 22 de Junho de 2014. Os trabalhos necessitam de continuação pelo que assim que haja uma nova data divulgaremos.

Espeleólogos participantes: Beatriz Silva, Carlos Mendes, Julio Portela, Nuno Rodrigues, Vítor Gandra

Cavidade:

"Algar do Crocodilo" – Cavidade Cársica

Cavidade não incluída na listagem do anexo 1 do Regulamento do Plano de Ordenamento do PNSAC, aprovado pela RCM nº 57/2010.

 

Localização:

Alto da Barreira - Serra de Santo António – Alcanena – Santarém - PNSAC – MCE

Carta Militar de Portugal, série M888, folha 318, Escala 1/25000 - Altitude aproximada: 510 mt

 

Objectivos:

Continuação da topografia da cavidade através da utilização dos aparelhos DistoX e PDA.

Conclusão da verificação e exploração de pequenas áreas já identificadas anteriormente.

Remoção de todo o material de reserva e apoio, que se encontra armazenado na cavidade.                                                          

 

Equipa:

Beatriz Silva; Carlos Mendes; Júlio Portela; Nuno Rodrigues e Vítor Gandra.

Todos os espeleólogos participantes, são sócios do ARCM, federados na FPE, possuidores da formação grau N2 e/ou N3 e com o respectivo seguro em vigor.

 

Resultado da actividade:

<span; line-height: 115%; font-family: 'Microsoft Sans Serif';">Dia 21: Entrada às 11.00h e saída às 18.00h. O grupo foi dividido em duas equipas de trabalho. A equipa Nuno Rodrigues / Vítor Gandra, reiniciou a realização da topografia, desde a última estação 1.28 até à estação 1.48 localizada no final da cavidade, na zona dos poços com início no “Poço da Desobstrução”. A equipa Beatriz Silva / Carlos Mendes / Júlio Portela, realizou a verificação e exploração de pequenos espaços existentes no caos de blocos da “Sala do Zeca”, confirmando que todos eles ligam ao “meandro”, já conhecido, existente por baixo. Esta equipa procedeu também, ao transporte para o exterior, do material de reserva que se encontrava na cavidade.

Dia 22: Esteve um dia chuvoso. Entrada às 11.30h e saída às 16.00h, com direito a uma boa molha à saída. O grupo voltou a ser dividido em duas equipas de trabalho. A equipa / Carlos Mendes / Nuno Rodrigues / Vítor Gandra, realizou a topografia que faltavam na zona do poço de entrada da cavidade e realizou pequenos acertos do desenho, em alguns troços, desde a entrada até à zona da “Sala do Balcão”. A equipa Beatriz Silva / Júlio Portela foi reconhecer e avaliar, toda a zona da cavidade que se situa no seguimento do “Poço da Desobstrução”, uma vez que a mesma lhes era desconhecida.

Os trabalhos de topografia ainda não ficaram concluídos, pelo que é necessário agendar uma nova actividade.

Ficamos o fim se semana instalados (pernoita) no Clube Desportivo e Recreativo da Serra de Santo António.

 

Reportar: Ausente / Presente:

Aconteceu um pequeno incidente, com um dos elementos da equipa (corte num dos dedos da mão) prontamente resolvidos com um kit de primeiros socorros existente e sem nenhumas outras consequências para o desenrolar da actividade, bem como para o bem-estar do espeleólogo.

Presença de um Quiróptero da subordem Microchiroptera, perto da entrada, na zona do “Poço da Fita” (não conseguimos identificar a família nem o género do morcego)

 

Relatório de Nuno Rodrigues

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq