small spapsmall bttsmall canyoningsmall escaladasmall espeleosmall montanhismosmall snowboard skismall trekking

vVIAS FERRATAS PICOS 15Relatório de atividade - Vias Ferratas - Picos da Europa

Data da atividade: 04,05,06 de Setembro de 2015

Localização: Ramales de la Vitoria e Ermida-Cantábria-Espanha

Objetivo: Fazer três vias Ferratas na zona de Ramales e três na zona da Ermida.

Participantes: Beatriz Silva, Catarina Ascensão, Lília Araújo, Vítor Ribeiro, Cristina Garrido, Luiz Teixeira, Joaquim Seca, Avelino Santos e Nelson Ribeiro.

Saímos dia 4 de Setembro em dois carros, um iniciou a viagem a meio da tarde e outro á noite, com destino a Ramales onde nos juntamos todos.

1.º Dia:

Iniciamos pela V. Ferrata Socueva, visto esta ser a mais técnica e ainda estava-mos fresquinhos. (Grau de dificuldade extremamente difícil).

Seguimos para a el Risco, com grau de dificuldade muito difícil, nesta Via um elemento do grupo não a fez, pelo facto da classificação da mesma e do esforço da anterior. Por último nesta localidade fomos para a Caliz, esta Via é menos exigente, apenas na parte final tem um ou outro passo mais difícil e assim terminamos um dia de atividade.

Partimos para Potes, onde íamos ficar no parque de campismo la Viorna Chegamos por volta das 21:15, fizemos a inscrição e montamos as tendas. Parte do grupo decidiu ir jantar a Potes e assim conhecer essa localidade, outros organizaram o jantar e foram descansar.

2.º Dia:

Saímos mal o parque abriu portas (08h), fomos para a via Ferrata Camaleño. Regressamos para desmontar tendas, que entretanto secaram da humidade da noite e saímos do parque. Fizemos uma paragem de 15m em Potes, para aqui comprar algumas lembranças e continuamos em direção á Ermida, onde íamos iniciar a V. Ferrata mais longa de todas. Após terminar a via ferrata La Ermida, reunimos para decidir se fazíamos a Via F. Milar derivado ao regresso a casa, pois o horário estava a ficar apertado. Decisão de grupo terminar o programa proposto visto esta ultima via ferrata ser a mais pequena.

E assim terminamos um fim-de-semana intensivo de Vias Ferratas e de algum cansaço. No entanto, gratificante pelas paisagens, desafios técnicos, psicológicos, aventura e camaradagem entre todos os elementos do grupo.

O sentimento foi unanime venha o próximo…

Beatriz Silva  

TPV img TPV - Técnicas de Progressão Vertical

 

"... A espeleologia dificilmente pode ser considerada de competitiva. Contudo, através das técnicas convencionais criou-se um conjunto de modalidades de competição desportiva, dirigidas a avaliar a velocidade, a resistência e a técnica dos atletas. ..." botao tpv 

 

(excerto do documento da prova do 1º Campeonato Nacional de TPV 2011 - Valongo)

Siga-nos em            

MEO ARCM 28855
 

 

 

 

Alojamento oferecido por:

logo maquinadigital pq